Blog ainda em fase gama-2, pedimos desculpas por eventuais pelo transtorno.
Mostrando postagens com marcador odontologia. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador odontologia. Mostrar todas as postagens

Mineiração de Dados em Odontologia

Em tempo de Bitcoins e outras moedas virtuais denominadas criptomoedas, a Odontologia não pode parar.

Por isso, o Tablóide da Odontologia, que está completando 10 anos em 2017, ainda em fase Gama-2, ressurge das cinzas ("O Campeão voltou!!!) e impõem uma reflexão ...

Você, caro dentista (ou dentista caro) está preparado para o hoje?


No mundo de hoje,  de alta competitividade em todas as profissões, não basta apenas "saber muito" sobre a profissão, mas "saber muito" sobre o seu negócio.

O "CHÁ" da Administração contemporânea é composto tríade formada pelo conhecimento, habilidade e atitude diante das oportunidades e ameaças a que estamos submetidos diariamente.

Não basta adotarmos apenas sistemas transacionais no nosso consultório, do que adianta um monte de dados guardados se não tranformamos em informação e em conhecimento para tomadas de decisão.

Que tal termos atitude daqui para frente e adotar sistemas inteligentes, as ferramentas de mineiração de dados (data mining), que irão trabalhar para gente transformando dados estáticos em informações relavantes para a nossa Empresa?

O Business Intelligence (BI) é a realidade hoje em dia para quem busca sair a frente dos concorrentes, permitindo detectar a tendência de mercado de forma precoce, aumentando a fidelidade da clientela e da procura por clientes potenciais.

Pode  (e deve) ser utilizado no cotidiano do dentista, de brinde deixamos um artigo científico em português provando a sua utilidade, mas como nosso público tem qualidade sabemos que irão procurar se aprofundar no assunto.

 Aplicação de Mineração de Dados em uma Base Odontológica - Cunha & Dias (formato .pdf, tamanho 253 kb)



História da Odontologia no Brasil.


     
      A Odontologia praticada no século XVI, a partir da descoberta do Brasil por Pedro Álvares Cabral em 22 de abril de 1500, restringia-se quase que só as extrações dentárias. As técnicas eram rudimentares, o instrumental inadequado e não havia nenhuma forma de higiene. Anestesia, nem pensar. O barbeiro ou sangrador devia ser forte, impiedoso, impassível e rápido. Os médicos (físicos) e cirurgiões, diante tanta crueldade, evitavam esta tarefa, alegando os riscos para o paciente (possibilidade de morte) de hemorragias e inevitáveis infecções. Argumentavam que as mãos do profissional poderiam ficar pesadas e sem condições para intervenções delicadas. Os barbeiros e sangradores eram geralmente ignorantes e tinham um baixo conceito, aprendendo esta atividade com alguém mais experiente.

Cirurgião Dentista: Harlem Shake Odontológicos



     O Harlem Shake (Inglês: Shake significa se requebrar), é um hit da Internet ou um Meme que obteve enorme sucesso em Fevereiro de 2013. A música original foi desenvolvida pelo DJ norte-americano Baauer. O vídeo original foi postado na internet no dia 22 de maio de 2012 no YouTube. Ele não adotava o modelo de seu Meme, com pessoas dançando aleatoriamente, como um Flash Mob.
    É, simplesmente, um vídeo de 3 minutos e 17 segundos onde se tem a famosa música completa como faixa de áudio e a capa do álbum que a música pertence como vídeo. O vídeo viral que começou a febre do Harlem Shake pelo mundo foi postado no YouTube no dia 02 de fevereiro de 2013.
     Nele, mostra-se apenas 36 segundos da música original e mostra, também, quatro amigos dançando com um vestido de ET, outro vestido de Power Rangers, outro vestido de Chinês e o último vestido com uma roupa cor de rosa.
      O sucesso desse vídeo causou grande apreciamento pelo mundo todo, fazendo o viral ser reproduzido com elementos diferentes por centenas uploaders e vistos por milhões de pessoas em muito pouco tempo.
(Yahoo! Respostas)
Nossa seleção de alguns vídeos da febre do Harlem Shake relacionados a Odontologia: 

 

FUVEST Profissão Dentista - Concorrência em Odontologia nos Vestibulares 2013, 2012 e 2011



Odontologia foi um dos cursos mais valorizados e concorridos nas principais faculdades do país até o começo dos Anos 90.


 A concorrência era tão grande que chegava a uma proporção de 30 ou até 40 candidatos/vaganas principais universidades públicas brasileiras.


Bons tempos aqueles em que bastava apenas ao acadêmico em odontologia levar o curso a sério, abrir o consultório e colher o$ fruto$.


Hoje o momento é outro, muita oferta de profissionais para pouca procura por parte da população que prefere gastar  R$500 por mês para tratar do cabelo do que cuidar de sua saúde bucal. 


Concorrências entre profissionais de saúde cirurgiões-dentistas e o empresariado odontológico (Imbras, Convênios, Cupons de Clareamentos, Clínicas Pops, etc.) tem contribuido para a queda da relação candidato/vaga em grandes faculdades de odontologia, muitos cursos particulares de qualidade duvidosa fecharam por falta de interesse.


Leia: qual o piso salarial do médico e do dentista brasileiro.







Se antigamente pais dentistas "obrigavam" seus filhos a seguir sua carreira, hoje ocorre o contrário, eles desestimulam, o cirurgião-dentista que incentiva o seu filho a seguir seus passos é quase que considerado um criminoso ou no mínimo um ser desnaturado, desprovido da razão.


Notamos, porém, que nos últimos anos,  a concorrência nas vagas em cursos de formação de bacharel em Odontologia nas principais universidades estaduais de São Paulo deu uma estabilizada:

A Odontologia na era da informação


Terceiro milênio, século XXI, mundo globalizado, crise do capitalismo e do neoliberalismo.  A contemporânea ordem mundial está totalmente dependente da era digital e a odontologia não pode se distanciar dessa tendência: 





Desde 2007: O Tablóide da Odontologia

Olá Amigos.

Estamos de volta.
Para noossa alegria!
 ( "Não deixe de sonhar,  não deixe de sorrir,
 pois não vai encontrar quem vá sorrir por ti" - Chimarruts)

Apagamos a conta Google Apps e, consequentemente,  por engano deletamos todos os serviços Google relacionados a essa conta  como esse consagrado blog  e o feedburner dele também. :(




Daí o Google não quiz devolver esse Blog de jeito nenhum. Ficamos congelados por 6 meses na Blogosfera.

Como não somos muito bitolados nem back-up fizemos. Felizmente algumas figuras desses posts anteriores deletados nós conseguimos guardar. Alguns posts semelhantes àqueles poderão aparecer aos poucos.